Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Fida visita Projeto de Desenvolvimento Agropastoril de Sombras e Milagres

Detalhes

Caraúbas - A delegação do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrário (FIDA) visitou ontem o Projeto de Implantação do Sistema Agropastoril da comunidade de Sombras Grandes e Milagres, localizada na zona rural de Caraúbas.


A delegação, composta por 20 membros do Fida, está acompanhando de perto, desde sua chegada no Estado, todo o desenvolvimento dos projetos assistidos por eles junto com o Projeto Dom Hélder Câmara (PDHC), e puderam perceber que em apenas um ano e meio houve uma mudança significativa na realidade das 30 famílias que moram na comunidade de Sombras e Milagres. Segundo Naelson Medeiros, presidente da associação do Sistema Agropastoril da comunidade, "através de ações articuladas pelos governos Federal e Estadual, pela Prefeitura de Caraúbas, pela Petrobras e pelo Projeto Dom Hélder Câmara, os benefícios conquistados a partir dessas parcerias são visíveis". Projetos como a substituição de casas de taipa por alvenaria, da Prefeitura de Caraúbas, o Programa Luz para Todos, do Governo Federal, que resolveu o problema da falta de energia elétrica na comunidade, em conjunto com a Cosern, Chesf e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e PDHC, têm contribuído para melhorar consideravelmente a qualidade de vida da população local.


Uma outra ação ressaltada pelo engenheiro agrônomo da Associação de Construção e Capacitação Técnica Orientada e Sustentável (ATOS), Reginaldo Nobre, é do Governo do Estado através do Programa de Desenvolvimento Solidário e da Prefeitura Municipal de Caraúbas na viabilização da implantação de um sistema irrigado de produção e comercialização de hortaliças e frutas orgânicas, viveiro, minhocário, construção de casas de mel, distribuição de colméias para as famílias (10 colméias por famílias), mel orgânico, avicultura caipira, criação de coelhos, suporte forrageiro para rebanhos bovinos e caprinos, além da construção de adutora e cisternas para irrigação e uso doméstico e mais a alfabetização de jovens e adultos.


A missão do Fida vai está hoje no assentamento Lage do Meio, na zona rural de Apodi, onde 24 famílias produziram e beneficiaram no seu entreposto 10.000 toneladas de mel produzidas dentro de áreas manejadas da caatinga, utilizando-se das formas corretas de manejo das abelhas e produção higiênica do mel. E vai estar visitando também a comunidade rural Campo de Aviação, no município de Campo Grande, onde moram 30 famílias. "Aqui foi possível melhorar o acesso à água para produzirem e criarem através da ampliação da barragem sucessiva", disse Caramuru Paiva, supervisor do Projeto Dom Hélder Câmara.


De acordo com Caramuru Paiva, esse resultado é fruto de capacitações, acompanhamento técnico e investimentos diretos que foram feitos nos últimos quatro anos pelo Projeto Dom Hélder Câmara, uma parceria do Governo Federal, com a ONU, através do Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura.


PDHC: protagonismo por excelência


O Projeto Dom Hélder Câmara é um acordo de empréstimo entre o governo brasileiro/Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrário (FIDA). É uma experiência exitosa, pois além de desenvolver ações estruturantes para fortalecer a Reforma Agrária e a Agricultura Familiar no semi-árido nordestino, investe efetivamente na articulação e organização dos espaços de participação social.


Neste sentido, os agricultores(as) familiares e os(as) assentados(as) da reforma agrária, através dos Comitês Territoriais e do Comitê Gestor, discutem suas necessidades, opinam sobre as possibilidades e definem ações prioritárias que possam alterar, significativamente, o rumo de suas vidas. As ações complementares de educação, saúde, capacitação, produção, comercialização, serviços financeiros, gênero e etnia desenvolvidas pelo projeto são fundamentais, pois os homens e mulheres do campo são profundos conhecedores dos problemas que lhes afetam secularmente.


O Projeto Dom Hélder Câmara investe, sobretudo, no Protagonismo por Excelência, o que significa construir e exercitar cidadania.


O compromisso do Projeto Dom Hélder Câmara é o de ensinar e de aprender fazendo, aprender a construir pluralidade na diversidade, romper com a verticalização do planejamento e do monitoramento, estimulando a participação ativa, o trabalho com tranqüilidade e qualidade, investindo na complementaridade e no desenvolvimento da autonomia dos sujeitos.

 

Fonte: Gazeta do Oeste

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara