Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Novo modelo da agricultura familiar

Detalhes

 

Jotta Paiva

Gazeta do Oeste

 

Oeste - O Projeto Dom Helder Câmara (PDHC), representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Secretaria de Desenvolvimento Territorial no semi-árido nordestino, comemora os bons resultados da 1ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (CNDRSS). O evento aconteceu na última semana do mês de junho no Centro de Convenções de Pernambuco, na cidade de Olinda/PE, reunindo mais de 1.500 delegados de todo o Brasil.

 

O encontro que teve como tema: "Por um Brasil Rural com Gente: Sustentabilidade, Inclusão, Diversidade, Igualdade e Solidariedade", objetivou formular uma política nacional de desenvolvimento sustentável e solidário do meio rural que complete todas as forças sociais e diversidades regionais.

 

A proposta visa possibilitar a participação da população nos seus diversos níveis, municipais, territoriais e estaduais. Todo o projeto foi estruturado em três etapas preparatórias com conferências municipais, intermunicipais, territoriais e eventos setoriais e temáticos, além de exposição estadual e a nacional.

 

A conferência foi uma responsabilidade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (CONDRAF) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).
No Território Sertão do Apodi (TSA), a discussão sobre o tema aconteceu no mês de outubro de 2007, onde saíram 30 delegados para participar da estadual, que aconteceu em abril deste ano na capital Natal.

 

Para a conferência nacional foram 20 delegados, dos quais cinco eram do Território Sertão do Apodi, tendo a frente a supervisora do PDHC, Rosane Gurgel; coordenadora do Centro Terra Viva, Cláudia Mota; e ainda os integrantes do TSA Antônio Dantas, Wberlhane Silva e Raimundo Canuto representando a sociedade civil.

Programas poderão ser assegurados como política

 

Ao todo, mais de 1.500 delegados de todos os estados do Brasil e mais de 250 convidados e observadores participaram da 1ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (CNDRSS). O evento contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e do secretário de Desenvolvimento Territorial, Humberto Oliveira.

 

Segundo a supervisora do PDHC, Rosana Gurgel, uma grande vitória para o órgão e todo o território potiguar foi o reconhecimento e a votação por unanimidade em plenária da proposta, dento do eixo de desenvolvimento socioeconômico e ambiental. "Aprovamos a transformação de projetos e assessorias em políticas de Estado. Com isso, estamos assegurando a permanência e desenvolvimento ao setor rural, especificamente a agricultura familiar", enfatizou.

 

Com a proposta, projetos de assessoria técnica e apoio à agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais, nos moldes do Projeto Dom Helder Câmara; Programa de Aquisição de Alimentos (PAA); Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2); programa de barragens subterrâneas; Programa Um Milhão de Árvores; programa de turismo rural com base na agricultura familiar; programa comunidades tradicionais; e programa de micro-bacias hidrográficas passarão a receber mais incentivos sendo geridos como programas de governo definitivos.

PDHC realiza oficinas para sistematização em cinco estados

 

Para consolidar os resultados das ações nos territórios nacionais, técnicos e direção do Projeto Dom Helder Câmara passaram o mês de junho indo de território em território para apresentar os resultados de entrevistas que foram realizadas para produção do Projeto de Sistematização das Experiências do PDHC em cinco estados do semi-árido nordestino.

 

Em cada local, instituições parceiras, agricultores, organizações da sociedade civil e representantes dos poderes público municipal e estadual registravam os avanços do projeto em suas respectivas regiões, através do processo de fortalecimento dos grupos de interesse e associações de agricultores familiares, assentamentos e comunidades rurais.

 

Para a realização do Projeto de Sistematização de Experiências, o PDHC estabeleceu um consórcio, em conjunto com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (FETAPE/CONTAG) e a Cooperativa dos Profissionais em Atividades Gerais (COOPAGEL e FIDAMERICA), desencadeando um mecanismo de vivência dos processos sociais, buscando extrair das experiências as lições apreendidas, de forma crítica, para que outras pessoas e organizações tenham acesso a esses conhecimentos.

 

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara