Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

Jornal O POVO On Line - 29/02/2008

Detalhes

 

No meio do povo

Márcio Teles é repórter do Núcleo de Negócios

 

Eu já cobri seis eventos com o presidente Lula, cinco deles com credencial da Presidência da República, cercadinho para a imprensa e mobilidade limitada. Mas ontem foi diferente. O olhar de quem está no meio da multidão é diferente. Pode-se sentir que há um certo orgulho em receber a autoridade máxima do País em sua cidade. Mesmo que não se conheça muito. "Esse que está falando é o Lula", perguntam. "Não, senhora, é um ministro dele".

 

Em Quixadá foi assim. A cidade se preparou para receber o presidente. Os moradores tiraram das gavetas suas camisas vermelhas - cor muito querida por Lula, como todos sabem - o clima nas ruas era realmente de festa. Muitos moradores até aproveitaram para celebrar bebericando alguma coisa. Cada um do seu jeito. Seja sentado na calçada com sua cachaça, seja abrindo o porta-malas de sua Pajero e tirando cerveja do isopor.

 

Não havia problema - pelo menos para a maioria - ficar em pé, sob intenso sol, separados por barreiras e esperando até meio-dia para ver, enfim, o presidente.

 

A visita de um presidente querido pelo povo não tem mesmo como fugir do teor político. Diversas faixas encomendadas por autoridades em nome dos moradores, candidatos posando para fotos e dando declarações nas rádios, mas as pessoas aproveitavam mesmo era a festa para desfilar as roupas mais bonitas - mesmo que o calor aconselhasse evitar vestidos e duas camisas - e tentar ver, mesmo que de longe, o presidente do Brasil. "E agora, é o Lula?", perguntam. "Sim. Agora sim".

 

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara